sábado, 31 de outubro de 2009

Morada de Reis!

Em Setembro de 1810 a Ponte de Mucela voltou a ser muito referida pela destruição da ponte de então, para dificultar a debandada das tropas do marechal francês Massena, batidas no Buçaco; tiveram que atravessar o rio a vau cerca de 500m a montante do local da ponte, na estrada para a Moura Morta.


No último quartel do século XIX foram realizadas manobras militares na Serra da Atalhada, constando que o Rei D. Luís, vindo inspeccionar as actividades, se instalou na Estalagem da Ponte de Mucela, restando ainda a cama em que dormiu e o cadeirão que serviu de trono.

A Ponte foi local de reabastecimento e muda de gado no tempo das diligências. Com o surgir dos transportes motorizados essa actividade evoluiu com a instalação de uma das primeiras bombas de gasolina da Estrada da Beira, recentemente retirada devido à grande quebra de movimento originada pela melhoria das vias circundantes e a criação do I.P.3.

A estalagem que viria a dar origem à Pensão, Café e Restaurante Beira Alva funcionou ininterruptamente durante cerca de 150 anos, “n” gerações na mesma família, passando posteriormente por várias gerências. Encerrou recentemente, aguardando nova exploração.

Sem comentários:

Publicar um comentário