sexta-feira, 23 de julho de 2010

FIGURAS

Dr. ANTONINO HENRIQUES


Nascido na Moura Morta em 1918, de origem modesta, que nunca renegou, foi pessoa de referência na educação nacional, começando como professor e mais tarde director das Escolas Eugénio dos Santos em Lisboa e Brotero em Coimbra, acabando como professor da Escola do Magistério Primário de Coimbra. Foi ainda professor do Instituto Industrial e Comercial de Coimbra e Director da Zona Pedagógica do Centro.

Colaborou graciosamente com a Comarca de Arganil (Zé dos Tojeiros e A.H.) e com o Poiarense.

Foi presidente do Rotary Clube de Coimbra e vice-presidente da Associação dos Antigos Estudantes de Coimbra.

Após 40 anos de serviço foi lhe reconhecido oficialmente mérito educacional como símbolo vivo da modernidade pedagógica.

Foi um grande impulsionador do ensino técnico nos concelhos circunvizinhos. Foi Cidadão Honorário de Arganil.

Pedagogo ilustre de elevada cultura, foi lhe prestada homenagem nacional em Coimbra após 44 anos de serviço, com cunhagem de medalha alusiva. Manifestação de grande significado a que tivemos oportunidade de assistir.

Baluarte das letras e da cultura, ficou registada no Poiarense de 19Fev92 a sua última e magnífica intervenção aquando do feriado Municipal do centenário da restauração do Concelho.

Ficou muito ligado a Ponte de Mucela por amizade com a família de Octávio Pedroso de Lima. Na Pensão Beira Alva conheceu e se enamorou de Ana Joaquina, filha de alentejanos que ali passavam férias regularmente.

Deixou grande espólio cujo destino desconhecemos. Faleceu em Coimbra em 18Fev92 e foi sepultado no cemitério da Igreja Nova.

Sem comentários:

Publicar um comentário