domingo, 7 de março de 2010

FIGURAS - GENTE QUE DEIXOU RASTO

É a secção que vamos iniciar, dedicada a pessoas que não sendo ou não tendo vivido na Ponte de Mucela por lá deixaram referências mais ou menos válidas que merecem menção.


Começaremos por António Coimbra que foi de S. Martinho da Cortiça, dos mais conceituados motoristas da empresa automobilística arganilense. Um dos que, quando havia lugares em excesso, dava boleia aos miúdos que andavam na escola de Mucela e assim deixavam de ir a pé como era habitual.



Há mais de 50 anos, descia a Serra de São Pedro Dias para a Ponte de Mucela, uma camioneta de carreira da Arganilense, conduzida pelo conceituado motorista António Coimbra, que foi de São Martinho da Cortiça.

Já perto da Portela e por avaria na direcção, houve que imobilizar a viatura o que só a muito custo foi conseguido e com as rodas da frente fora da estrada – nessa altura bem mais estreita – e em equilíbrio precário. Valeu a calma e decisão imediata do motorista ao ordenar aos passageiros a sua mudança para a traseira da viatura até que aparecesse socorro. Assim foi evitado um desastre de consequências drásticas, já que o respectivo local é a ribanceira mais íngreme e funda da descida em apreço.

Sem comentários:

Publicar um comentário