domingo, 7 de outubro de 2012


O Manuel Eusébio

 

Morreu há menos de 70 anos e fui ao seu funeral em representação da família. Morava na casa que agora pertence à Alice e filhos. Conheci o já velhote e muito pouco sensível ao que os outros poderiam pensar dele. Assim sendo, quando lhe apetecia urinar, a qualquer hora do dia, abria uma porta larga que nesse tempo havia no andar de cima puxava do “estojo” e aliviava-se, indiferente à possibilidade de que alguém pudesse estar a observá-lo ou a passar por de baixo!

Sem comentários:

Publicar um comentário